BANPARA

BCO ESTADO DO PARA S.A.

BPAR3
   

Qualidade

Segurança
Lucratividade
Retorno
Endividamento

Gráfico Exclusivo para Assinantes

Dados Gerais

CNPJ04.913.711/0001-08
AtividadeBancária
Setor de AtuaçãoFinanceiro
Subsetor de AtuaçãoIntermediários Financeiros
Segmento de AtuaçãoBancos
Site / Site RIhttp://ri.banpara.b.br
Constituição01/07/1960
Registro / IPO20/07/1977
Relatório2T21 (16/08/2021 11:02:00)

Governança

ListagemBalcão Org. Tradicional
Tag Along *80% para ações ON
Free Float *Não há regra específica
* Mínimo exigido pelo segmento de listagem.

Porte

Capital Social *1.473
Valor de Mercado *1.734
Enterp. Val. (EV) *1.734
ClassificaçãoSmall Cap
* Valores em milhões de reais

Ações

Ordinárias *10
Free Float0,02%
* Quantidades em milhões de ações

Investidores

Pessoas Físicas210
Pessoas Jurídicas117
Instituições2

Posição Acionária

NomeONPNTotal
Estado Do Pará99,98%0,00%99,98%
Ações Tesouraria0,00%0,00%0,00%
Outros0,02%0,00%0,02%
Total100,00%100,00%100,00%

Sede

Endereço:
Av. Presidente Vargas, N° 251, 4º Andar, Campina, Belém, PA, CEP: 66.010-000

Telefone:
91 3348 3211

Relações com Investidores

Nome:
Geize Maria Teixeira da Silva de Figueiredo

Endereço:
Av. Presidente Vargas, N° 251, 4° Andar, Campina, Belém, CEP: 66.010-000

Telefone:
91 3348 3211

E-mail:
ri_banpara@banparanet.com.br

Site:
http://ri.banpara.b.br

Endereço:
Av. Presidente Vargas, N° 251, 4º Andar, Campina, Belém, PA, CEP: 66.010-000

Receitas, Lucros e Proventos

Para o investidor de longo prazo obter retorno de seus investimentos, é essencial escolher empresas que apresentem lucros consistentes e, de preferência, crescentes ao longo do tempo. É dos lucros das empresas que vêm toda a remuneração do acionista, seja ela em forma de valorização das ações, seja ela em distribuição de lucros em forma de dividendos e juros sobre capital próprio.

RECEITA E LUCRO OPERACIONAL

Gráfico Exclusivo para Assinantes

 

LUCRO LÍQUIDO E MARGEM LÍQUIDA

 

DIVIDENDO E PAYOUT

 

Patrimônio, Caixa e Dívida

Uma empresa com caixa insuficiente ou dívida muito alavancada terá dificuldade em honrar com suas obrigações. Nesse caso, a empresa provavelmente se endividará mais, podendo entrar em recuperação judicial ou falência.

O ideal é que o investidor procure investir em empresas sem dívida (Caixa maior que Dívida Bruta) ou com dívida equilibrada (que não tenha impacto significativo nos lucros da empresa).

PATRIMÔNIO, CAIXA E DÍVIDA

 

FLUXO DE CAIXA

Gráfico Exclusivo para Assinantes
Comentários